Está aqui

Dicas para um Campismo mais fácil!

Instalar-se num parque de campismo não é nenhum “bicho-de-sete-cabeças”. Na verdade, é algo tão simples como chegar, escolher o local, montar a tenda e já está! Tudo o resto virá com a prática e a experiência.

Ainda assim, existem algumas dicas que pode levar em conta e que garantidamente irão facilitar-lhe a vida.

  • Certifique-se que está tudo a funcionar antes de sair de casa. Inspeccione todos os utensílios, se possível monte a tenda ou reveja todos os seus componentes.
  • Se levar uma geladeira ou pequena arca frigorífica, provavelmente terá que comprar gelo com frequência ao longo dos vários dias. Assim, ao sair de casa, em vez de colocar pedras de gelo avulsas na geladeira, congele garrafas de água de meio litro. Verá que duram muito mais tempo.
  • Acampar não implica abdicar do conforto, e muito menos dormir no chão. Existem colchões de ar a preços bastante acessíveis e de variados tamanhos – individuais e de casal – que lhe permitirão dormir de forma tão confortável como se estivesse na sua própria cama. Adicionalmente, não ocupam muito espaço.
  • Para a "cozinha", leve material descartável: copos, talheres, pratos de plástico. E lembre-se: recicle!
  • Leve sempre espias (pequenas estacas em aço que fixam a tenda ao solo) bem fortes e em excesso. Se a sua tenda exige 10 espias, leve no mínimo 20.
  • A melhor hora para montar ou desmontar a tenda será sempre de manhã cedo ou no fim da tarde. Evitar as horas de maior calor (entre as 11 e as 16 horas).
  • Preste atenção à sombra. Provavelmente irá chegar ao parque de campismo a meio ou ao final da tarde. O instinto irá levá-lo a escolher uma localização com bastante sombra. Mas da parte da manhã, será que a sombra ainda estará nesse local? Perceba quais serão as áreas que terão mais probabilidade de estarem abrigadas ao longo de todo o dia, ou pelo menos quais as que estarão abrigadas da parte da manhã. Lembre-se que o sol nasce muito cedo e pode ser bastante incomodativo acordar com a tenda exposta directamente ao calor!
  • A maioria dos parques tem candeeiros de iluminação geral muito suaves, de modo a não perturbar à noite. Ainda assim, tente não ficar num sítio que leve com um foco directo de um deles. Lembre-se deste pormenor ao montar a tenda, pois o mais provável é que o faça com a iluminação ainda desligada, e acaba por só reparar nela quando já estiver instalado.
  • Tenha muita atenção ao tipo e qualidade do solo: antes de se instalar experimente-o, espetando algumas espias e tentando perceber se conseguirá montar a tenda nesse local. Existem algumas áreas onde é virtualmente impossível fazê-lo! Analise também o solo em busca de formigueiros e de outras colónias de insectos.
  • Uma regra de ouro: mais árvores significam mais insectos. Menos árvores implicam menos sombra e mais calor. A solução será sempre encontrar um meio-termo e conciliá-lo com as suas apetências pessoais.
  • Na escolha do espaço onde irá montar a tenda – seja alvéolo ou parque livre – leve em consideração a proximidade às áreas comuns: balneários, lavatórios, bares, cafés, piscina, supermercados, etc. Ficar próximo delas pode ser mais prático (sobretudo no que diz respeito aos balneários), mas irá também pôr em risco o seu repouso. Áreas bastante frequentadas serão obviamente mais barulhentas e menos calmas. Procure um local intermédio, sem ser isolado em demasia, mas sem ficar mesmo ao lado destes espaços comuns.
  • Repare bem na distância do local escolhido até às caixas de electricidade mais próximas. Até pode ter uma extensão grande, mas não vai querer deixar o seu fio a atravessar o parque de ponta a ponta, pois não?
  • Repare também na proximidade a caixotes ou contentores do lixo. É bom estarem à mão, mas não perto demais por causa do cheiro.
  • O mesmo aplica-se às torneiras públicas: a sua proximidade é muito prática, mas se estiverem perto demais, vai ficar igualmente próximo de poças de água e pequenos "riachos". Além disso, lembre-se que a água atrai insectos!
  • Improvise! Faz parte da diversão de acampar. Se lhe falta alguma coisa, ponha a imaginação a funcionar e tente encontrar a solução sem desesperar.
  • Quando sair do parque, não deixe rasto da sua passagem. Que o sítio onde acampou fique exactamente como estava antes de lá chegar, sem vestígios, sem lixo, etc.

Como foi dito no início, o conselho mais importante de todos acaba por ser o ditado popular já bem conhecido: “a prática leva à perfeição”! Por isso, faça-se à estrada e parta à aventura. Verá que com o tempo todas estas dicas começam a ser instintivas, e nem precisará de pensar especificamente nelas.

Tem mais dicas que gostaria de partilhar? Não hesite em fazê-lo no fórum!

A sua votação: 
Média: 4.5 (124 votos)